Permita-se!

Se as chances contra mim e minha doença são negativas, azar das chances!

Já ouvi algumas pessoas me perguntando como eu consigo manter o sorriso no rosto apesar de todos os problemas que enfrento, e até se o mesmo é verdadeiro. Pra quem não sabe, sou diagnosticado com uma doença degenerativa chamada Ataxia de Friedreich (se quiser saber mais sobre a minha história de vida de superação clique aqui).

A RESPOSTA

Para cada questionamento como o mencionado acima, tenho uma resposta: eu simplesmente vivo. Acho a vida maravilhosa, e tenho a absoluta convicção que tudo que nos acontece serve como aprendizado, quer você queira ou não. Não devemos abaixar a cabeça nunca, e muito menos desistir de viver.

Bom, às vezes a vida é dura, mas eu tenho muita coisa para agradecer. (Trecho do livro “A Cabana”)

BRASILEIROS

Contando um pouco das minhas experiências, recentemente fui até o Allianz Parque em um jogo do Palmeiras (sim, sou palmeirense roxo) com uma amiga especial, e nesse evento, pude confirmar o que já vinha reparando há muito tempo, mas nunca tinha escrito: apesar do Brasil ser um país com uma estrutura inadequada e ter uma acessibilidade que deixa muito a desejar, o povo brasileiro em geral tem uma grande energia positiva, principalmente no sentido de acolhimento. Você está rodeado de “gente calorenta”! Em todo o lugar que eu vou (e nesse dia não foi diferente – recebi apoio de torcedores, seguranças, um policial, um pai de família muito gente boa e até mesmo de um flanelinha com um coração enorme), a maioria das pessoas se oferece a ajudar, mas para isso, estou sempre disposto a ser ajudado também, o que é de extrema importância! Conheço muita gente com alguma adversidade que faz o oposto e não aceita esse apoio de jeito nenhum, ou o encara com mau humor. Isso é um erro e gera um sentimento negativo, que vai se acumulando com o passar do tempo! Procure aceitar-se, tentando o máximo possível ficar com o sorriso no rosto. Você ganhará muitos admiradores por onde passar e terá o mais importante, que é a alegria de viver! Vá à luta, enfrente a vida, e lembre-se que energia boa atrai pessoas boas. Saia da casinha e seja positivo sempre!

Trecho retirado do texto “A Doença Vista Com Outros Olhos”, deste blog: “A vida não termina com a doença, não importa qual seja. Um novo caminho é o que se inicia. Uma nova jornada. A vida é espetacular e a própria morte está muito longe do conceito que guardamos dela até hoje.”

DEUS DÁ O FRIO CONFORME O COBERTOR

Como dizia Adoniran Barbosa nessa bela frase, se você tem alguma limitação ou adversidade, de nascença ou temporária, saiba que é capaz de superá-la, de um jeito ou de outro. Simples assim. Vou mais além ainda: e se eu dissesse que antes de vir a esse mundo você ou sua consciência, se preferir, pediu para vir com determinado “problema” a fim de crescer e evoluir espiritualmente? O seu corpo é apenas passageiro, já a sua consciência é eterna. A própria morte, como eu disse acima, não significa o fim de tudo. Creio que é mais o fim de um ciclo, e quando chegar esse final, você certamente será enaltecido por jamais ter desistido. Nada, nem mesmo uma pedrinha que entra no nosso sapato é por acaso. É o que já escrevi no texto “A Inclusão Começa Com Você”:

Sem PROBLEMAS, NENHUMA ALMA EVOLUIRIA E A VIDA NÃO TERIA SENTIDO.

“Quando você transforma sua mente, tudo o que você vivencia é transformado.” – Mingyur Rinpoche

Momento inesquecível! @ Tomorrowland 2015


COMPARTILHAR:

Não tem Facebook ou prefere o anonimato?