A Importância da Espiritualidade

VOCÊ NUNCA ESTÁ SOZINHO!

Deus está em mim, em você, em todos os lugares. Não tenha medo!

Segundo Elizabeth Kubler, existem 5 fases de luto em uma pessoa quando adoece ou sofre algum problema grave.  As 4 primeiras etapas (negação, raiva, barganha e depressão) não são positivas, mas necessárias para o nosso processo evolutivo. Digo isso porque já passei por todas elas, e sei que é preciso ter uma base rígida para se alcançar o quinto e mais importante nível (o da aceitação). É aí que entra o poder da fé na minha vida, e isso que quero descrever um pouco para vocês.

Eu descobri, depois que me aceitei, um dom que eu tenho (da escrita), e que posso inspirar muita gente que precisa de algum apoio para recuperar o prazer de viver, com a minha energia extremamente positiva e minha intensa vontade de viver, apesar das minhas limitações. Posso não, devo, já que essa é certamente uma das missões da minha vida.

Grande lição que aprendi: uma coisa é alguém com algum problema, sem esperança e deprimido ouvir de um médico ou psicólogo que é necessário ser feliz. Outra totalmente diferente é essa mesma pessoa ouvir isso de um sujeito jovem que passou por tudo que ela passou (e em alguns casos até mais) e está sempre com um sorriso no rosto e nada ou ninguém tira. Percebe a diferença?

Voltando para a teoria de Kubler, sua melhora significativa só vai acontecer quando você entrar na fase de aceitação, e isso é fato. Me tenho como exemplo. Se você fizer de tudo porque não se aceita ou está com raiva da sua situação, pode até ter um avanço, mas não contínuo, e fatalmente terá alguma crise ou recaída forte em determinado momento. Mesmo que o progresso não venha, só o fato de você estar nessa “quinta fase”, e buscando evoluir sempre, já é uma grande vitória para o seu espírito. Acredite em mim. Confie em Deus e em você sempre. Afinal, não se esqueça:

Tudo (Tudo mesmo) o que acontece na sua vida é por algum motivo. Um dia você vai saber o porquê. E vai ser enaltecido por jamais ter desistido. 

Estamos sendo observados de perto a todo momento, esteja certo disso!

Para finalizar, não estou dizendo que o espiritismo é a saída, nem que as demais religiões são erradas. O que quero dizer é que você deve buscar um caminho que te leva à espiritualidade. Pouco importa a religião ou o caminho escolhido, o que importa é abrir a porta que leva a Deus. Para mim, o mundo será um lugar bem melhor quando tivermos uma única religião universal: o amor.

A minha opinião…

A religião é humana e a fé é divina. Acreditar em Deus e buscar praticar o bem em todos os momentos possíveis já é o essencial.

“A religião e o fanatismo separam as pessoas. A fé une.”

COMPARTILHAR:

Não tem Facebook ou prefere o anonimato?